top of page

Os desafios do Saneamento discutidos no IPEA

Foto: Marcio Godinho/ABESDF

O seminário Saneamento básico para todos: Caminhos do planejamento, investimento e Governança, promovido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) na tarde de quinta-feira, dia 6, em Brasília, teve participação importante de dois integrantes da diretoria da ABES: Pedro Duarte e Adauto do Espírito Santo, que participaram da mesa 2, coordenada por Marco Montenegro, diretor da ABES Nacional para a Região Centro Oeste.


Pedro falou sobre consórcios municipais ou intermunicipais de Resíduos Sólidos, apontando que a adesão voluntária e a descontinuidade política são os principais obstáculos que comprometem a realização ou conclusão dos processos de PPP ou concessão desses serviços.


Já Adauto Espírito Santo afirmou que quase 100% dos cidadãos que necessitam desse serviço estão em situação de vulnerabilidade social nas áreas urbanas, situação ainda mais grave entre a população rural, uma vez que 40% do público sem acesso ao saneamento estão em pequenos aglomerados e 60% em áreas dispersas.


Montenegro chamou a atenção para a necessidade de olhar a universalização a partir da realidade dos mais pobres porque não adianta instalar rede de água e esgoto nas ruas se a população não puder pagar por esses serviços.


O seminário foi realizado para o lançamento da nova edição do Boletim Regional, Urbano e Ambiental (BRUA), que focou na questão do saneamento. Acesse aqui o documento.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page