top of page

UNICEF desenvolve guia sobre estratégias para redução de doenças relacionadas ao saneamento ambiental inadequado

Por Unicef | 08 de fevereiro de 2024




No Brasil, assegurar o acesso universal, adequado e equitativo aos serviços de saneamento básico é uma garantia normativa para todos os cidadãos. No entanto, a violação do direito humano ao saneamento básico ainda é uma realidade para muitos brasileiros, principalmente crianças e adolescentes. A falta de acesso à água potável, coleta e manejo de esgotos sanitários e condições inadequadas de higiene coloca em risco a saúde e compromete o futuro de meninas e meninos. Por isso, o Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), em parceria técnica com o Observatório dos Direitos à Água e ao Saneamento (Ondas) e o Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Federal de Minas Gerais (DESA/UFMG), e parceria estratégica com a biofarmacêutica Takeda, desenvolveram o Guia de Estratégias de Água, Saneamento e Higiene para Redução de Doenças Relacionadas ao Saneamento Ambiental Inadequado.





Posts recentes

Ver tudo
bottom of page