top of page

Saneamento: Brasil segue na contramão do mundo ao privatizar serviços

Por FNUCut | 17 de janeiro de 2023


Foto: Reprodução


Enquanto esta semana, o Niger formalizou a criação de uma nova empresa estatal, a La Nigérienne des Eaux (“Empresa Nigerina de Águas”), nacionalizando o fornecimento de água potável no país do noroeste africano e pondo fim a décadas de monopólio de empresa francesa, que inviabilizava o acesso à água potável ao conjunto da população do país, no Brasil há a notícia da previsão de 8 leilões de saneamento, mais 36 certames municipais, neste ano de 2024.


O site Revista OE informa que, considerando os projetos previstos pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e as Parcerias Público-Privadas (PPPs) da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), previstos para 2024, já estão programados oito leilões e outros 36 projetos de municípios e consórcios intermunicipais.


Além das concessões, o mercado também aguarda a privatização da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), e outros estados e municípios como Sergipe, Porto Alegre (RS), Paraíba, Rondônia e Pernambuco já estão no calendário dos próximos leilões.









Posts recentes

Ver tudo
bottom of page