top of page

Descarte irregular de lixo dá prejuízo de R$ 36 milhões ao DF

Por Metrópoles| 22 de novembro de 2023



O descarte irregular de lixo gerou um prejuízo enorme para os cofres públicos do DF. O Governo do Distrito Federal (GDF), para recolher 400 mil toneladas de resíduos descartados, teve de desembolsar R$ 36 milhões para limpar ruas, parques e terrenos baldios de janeiro a agosto deste ano. Em 2022, o valor gasto para manter as áreas públicas da capital do país livres do lixo ficou em R$ 42,5 milhões.


A construção de um papa-entulho, equipamento público que recebe restos de construção civil, móveis e outros resíduos volumosos, custa R$ 465 mil aos cofres públicos do DF. Já com R$ 54 mil, é possível instalar um papa-lixo em uma área isolada ou de difícil acesso, onde o caminhão da coleta convencional não costuma atuar.

Segundo a chefe da Unidade de Medição e Monitoramento do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Andréa Almeida, essa verba poderia ser usada para fazer mais campanhas educativas e instalar novos equipamentos públicos. “Na tentativa de reduzirmos esse desperdício de dinheiro público, estamos investindo cada vez mais na educação. A população precisa entender que descartar resíduos em área pública é crime”, explicou.




bottom of page