top of page

É hoje a premiação do Jovem da Água no CCBB

Por ABES DF | 03 de junho de 2024


Finalistas chegaram a Brasília no fim de semana para conhecer a capital


A diretora do Jovens Profissionais do Saneamento (JPS) da ABES/DF, Thaís Argenta, passou o fim de semana com os cinco candidatos que estão disputando Prêmio Jovem da Água de Estocolmo 2024, acompanhados dos professores e familiares. Eles estão em Brasília para a solenidade de escolha do vencedor da Etapa Brasil, que acontece hoje no CCBB, a partir das 13 horas. No domingo eles visitaram a Estação de Tratamento de Água da Região Central de Brasília (veja matéria no link): https://www.abesdf.com/post/participantes-do-pr%C3%AAmio-jovem-da-%C3%A1gua-de-estocolmo-2024-conhecem-estrutura-da-caesb


Thais faz parte da Comissão Organizadora do Prêmio, já que a ABES Nacional é a instituição responsável pela etapa brasileira. Thaís destacou a importância desse prêmio “para estimular os jovens e as escolas a praticarem ciência, iniciarem o trabalho científico, aprenderem o que é um projeto, uma pesquisa”. Para o JPS, é também uma oportunidade de integrar quem já e profissional com esses estudantes, para dar visibilidade e trocar experiências.


O vencedor, que será escolhido hoje entre cinco finalistas: dois do Ceará, um do Piauí, um de São Paulo e um de Santa Catarina, irá participar, em Estocolmo, da premiação mundial. A premiação acontecerá após um painel em que serão apresentados os cinco trabalhos e muito conteúdo sobre a questão da água.


Programação


No evento de premiação, o credenciamento começa às 13 horas, seguido de dois painéis: “Lideranças para o Futuro: O papel dos espaços de visibilidade e incentivo aos jovens através da ciência e inovação”. O segundo painel, previsto para começar às 16 h, é “ODS na prática e os Desafios para o enfrentamento das mudanças climáticas”.


Haverá ainda duas rodadas de entrevistas com os finalistas da edição 2024 do SJWP. Às 14h20, com Felipe Carvalho Silva, autor do projeto "Alimpar: sistema de tratamento da água de cisterna por radiação ultravioleta usando energia fotovoltaica", que é aluno do IFCE - Campus Acaraú, Ceará, e Manoel José Nunes Neto, autor do Projeto “Rover aquático autônomo para monitoramento da qualidade da água: uma ferramenta portátil de baixo custo”, aluno do Colégio São Francisco de Sales Diocesano, Piauí. Na segunda rodada, serão entrevistados Felipe de Morais Pinheiro, autor do Projeto "Carvoamento: síntese de carvão ativado a partir de casca de amendoim para a adsorção do corante azul de metileno", aluno da Etec Irmã Agostina, São Paulo e Lucas Cavalcante Silva, autor do projeto “TAMM: Filtro mineral de baixo custo, para o tratamento de água, feito a partir do reaproveitamento dos rejeitos do granito ocre da indústria de rochas ornamentais”, aluno da Escola Estadual de Educação Profissional Antônio Rodrigues de Oliveira, Ceará; Duas alunas de Santa Catarina são as finalistas entrevistadas nesta rodada: Maria Clara Duvoisin e Maria Clara Bogo dos Santos, autoras do projeto "Avaliação de um sistema e método de estação compacta para tratamento de esgotos: tecnologia eletropurificadora de efluentes, através da armadilha de elétrons", que alunas do Colégio Bom Jesus Itajaí, Santa Catarina.


A solenidade de premiação está prevista para 17h30min, seguida de coquetel de confraternização.


Finalistas, parentes e professores conheceram Brasília

Prêmio mundial


O Prêmio, organizado pelo Instituto Internacional de Água de Estocolmo, acontece a cada dois anos, com a participação de dezenas de países. O objetivo é estimular os estudantes de nível médio e futuros cientistas a pensar e agir sobre a questão da conservação ambiental, em especial da água, em tempos de mudanças climáticas.

Na etapa Brasil, o JPS da ABES Nacional lançou edital, convidando as escolas de ensino médio e institutos federais a inscreverem trabalhos científicos, que foram avaliados pela comissão encarregada de escolher os finalistas, que hoje estão em Brasília na expectativa do resultado.


Para participar no evento, basta fazer a inscrição no Sympla, no link abaixo:

Comentarios


bottom of page