Artigos

CONSAB-DF - Recomendação sobre saneamento rural

Recomendação de diretrizes e estratégias para o saneamento rural no DF.

Fornecimento de água potável a populações vulneráveis durante a COVID-19

Planejamento de fornecimento de água potável em momento de COVID-19.

ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2020 Compromisso com a gestão dos resíduos sólidos

Para que tenhamos uma cidade saudável, solidária e bonita no manejo dos resíduos me comprometo a cumprir as seguintes propostas dentro dos requisitos legais do setor apresentadas pela Câmara Temática de Resíduos Sólidos da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES)

ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2020 COMPROMISSO COM A GESTÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS - Versão expandida

Para que tenhamos uma cidade saudável, solidária e bonita no manejo dos resíduos me comprometo a cumprir as seguintes propostas dentro dos requisitos legais do setor apresentadas pela Câmara Temática de Resíduos Sólidos da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) - Versão expandida.

PLANARES - QUE PLANO É ESTE? A QUEM ELE DEVE SERVIR?

Artigo sobre o processo de elaboração e o conteúdo do PLANARES.

Equipe e ações Hig e Saneam - Assent Precários - COVID

Sugestão de Planilha - Ações e Equipamentos de Higiene e Saneamento em pops vulneráveis à COVID.

Apresentação - SB e Covid-19 em assentos precários

Orientações em modelo Apresentação.

Convite à mobilização -ABES DF - Proj SB Covid assent precários

Mais Saneamento, Menos Covid – convite à divulgação e mobilização.

Resumo executivo Projeto Saneam Prev Covid-19

RESUMO EXECUTIVO - Mais saneamento, menos COVID

Projeto: Saneamento e Higiene preventivos à COVID nos assentamentos precários

Mais saneamento, menos COVID.

Ação Direta de Inconstitucionalidade. Lei Federal 14.026/2020. Novo Marco Legal do Saneamento Básico

Medida Cautelar. Relatório do Ministro Luiz Fux / STF.

Nota de posicionamento da ABES sobre os vetos à Lei nº 14.026/2020 – novo Marco do Saneamento

A ABES manifesta aos representantes do Congresso Nacional sua preocupação com a apreciação dos vetos à Lei 14.026/2020.

Carta ao Governador do DF

A COVID-19 e a urgência de condições mínimas de higiene e saneamento nas populações vulneráveis.

Carta ao Diretor-Presidente do SLU

Acompanhamento das atividades de incorporação dos catadores de materiais recicláveis como prestadores de serviços públicos.

Formas de controle dos riscos na volta do serviço por catadores.

O ARTIGO FALA SOBRE MEDIDAS DE CONTROLE DOS RISCOS PARA RETOMADA DO SERVIÇO DE TRIAGEM DE MATERIAIS RECICLÁVEIS POR CATADORES EM TEMPOS DE COVID-19.

Recomendaciones de saneamiento ambiental en prevencion del COVID-19 - AIDIS

Recomendaciones de saneamiento ambiental en prevencion del COVID-19 elaborado por el Comité Técnico de AIDIS 2020 – Version 1.0

Recomendações para a gestão de resíduos sólidos em situação de pandemia por Coronavirus

Manejo de resíduos sólidos na pandemia do Coronavirus

Manejo dos resíduos na pandemia do Coronavirus

Orientações para gestores municipais, empresas prestadoras de serviços, garis e cooperativas de catadores

Como proceder nas residências, condomínios e locais em funcionamento durante a crise do Coronavirus

Manejo dos resíduos na pandemia do Coronavirus - Separar os recicláveis: um ato de solidariedade e de responsabilidade

Revista - Manual de Boas Práticas "Concurso Saneamento nas Escolas 2016".

Concurso Saneamento nas Escolas: nós fazemos 2016.

Boletim ABES/DF Volume 04, Edição 01

Posse 2017-2019

Entrevista com Secretário de Educação do DF - Júlio Gregório

Portaria 377 - FUNASA

Chamamento para apresentação de projetos de melhorias sanitárias domiciliares e abastecimento de água para áreas rurais.

Portaria 376 - FUNASA

Chamamento para apresentação de projetos de melhorias sanitárias domiciliares e abastecimento de água para áreas rurais

Curso PPP - Programação

PPPs nos serviços públicos de saneamento - Uma visão crítica dos casos brasileiros.

Curso PPP - Apresentação Regiões Metropolitanas Conselho das Cidades

PPPs nos serviços públicos de saneamento - Uma visão crítica dos casos brasileiros.

Curso PPP - ASSEMAE LR de Embalagens

PPPs nos serviços públicos de saneamento - Uma visão crítica dos casos brasileiros.

Curso PPP - Enquadramento Técnico das PPPs

PPPs nos serviços públicos de saneamento - Uma visão crítica dos casos brasileiros

Curso PPP - Experiências em Saneamento Básico

PPPs nos serviços públicos de saneamento - Uma visão crítica dos casos brasileiros

Curso PPP - Experiências em Saneamento Básico - Rio Claro

PPPs nos serviços públicos de saneamento - Uma visão crítica dos casos brasileiros

Curso PPP - Enquadramento Legal

PPPs nos serviços públicos de saneamento - Uma visão crítica dos casos brasileiros

Curso PPP - Parte iV

PPPs nos serviços públicos de saneamento - Uma visão crítica dos casos brasileiros

Curso PPP - Parte III

PPPs nos serviços públicos de saneamento - Uma visão crítica dos casos brasileiros

Curso PPP - Parte II

PPPs nos serviços públicos de saneamento - Uma visão crítica dos casos brasileiros

Curso PPP - Parte I

PPPs nos serviços públicos de saneamento - Uma visão crítica dos casos brasileiros

Apresentação RCD - SLU

Oficina de Trabalho - Manejo dos Resíduos da Construção Civil e Demolição no DF.

Apresentação RCD - CAESB

Oficina de Trabalho - Manejo dos Resíduos da Construção Civil e Demolição no DF.

Campanha Brasília Limpa - sua atitude faz a diferença

Oficina de Trabalho - Manejo dos Resíduos da Construção Civil e Demolição no DF.

Apresentação RCD - NOVACAP

Oficina de Trabalho - Manejo dos Resíduos da Construção Civil e Demolição no DF.

Apresentação RCD - AMLURB_SP

Oficina de Trabalho - Manejo dos Resíduos da Construção Civil e Demolição no DF.

Apresentação RCD - AGEFIS

Oficina de Trabalho - Manejo dos Resíduos da Construção Civil e Demolição no DF.

Apresentação RCD - ADEMI

Oficina de Trabalho - Manejo dos Resíduos da Construção Civil e Demolição no DF.

Apresentação RCD - ADASA

Oficina de Trabalho - Manejo dos Resíduos da Construção Civil e Demolição no DF.

Resolução 1 de 2014 - CRH

Resolução Conselho dos Recursos Hídricos

Resolução 2 de 2014 - CRH

Resolução Conselho dos Recursos Hídricos

Nota Técnica nº 1/2014 - CRHDF

Justificativa para a alteração da proposta de enquadramento da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba referente a trechos dos Rios Descoberto e São Bartolomeu no Distrito Federal.

Nota Técnica nº 3/2014 CRHDF

Informações complementares à Nota Técnica nº 01/2014 – CTP/CRH-DF acerca da proposta de enquadramento apresentada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba referente a trechos dos Rios Descoberto e São Bartolomeu no Distrito Federal.

Nota Técnica nº 2/2014 - CRHDF

Inclusão dos cursos d’água Córrego Estiva (ou Córrego Vargem da Benção), Rio Ponte Alta e Rio Alagado na proposta de enquadramento apresentada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba.

Enquadramento CTA

Proposta de Classificação dos Rios no DF

Plano de Recursos Hídricos da Bacia Paranaíba

Unidades de Gestão Hídrica.

Apresentação Marcos Helano Montenegro - Presidente da ABES DF

Engenheiro Civil, mestre em Engenharia Urbana e de Construções Civis (USP). Foi presidente da CAESB e diretor da SNSA do MCidades. É Regulador de Serviços Públicos da ADASA. Atualmente exerce a função de Diretor Financeiro da NOVACAP. Foi diretor nacional da ABES.

Apresentação Jorge Enoch - Presidente da CBH Paranoá

Engenheiro Agrícola, mestre em Irrigação e Agroambientes e Doutor em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos. Pesquisador em Hidrologia da Embrapa Cerrados desde 2001. Foi consultor da Organização Mundial de Meteorologia (OMM/WMO) lotado na Superintendência de Estudos e Informações Hidrológicas - SIH da Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL (1998 a 2001). Presidente do Comitê de Bacia do Paranoá - CBH-Paranoá (2014-atual). Diretor Técnico da Associação Brasileira de Recursos Hídricos - A

Apresentação Camila Campos - Reguladora Adasa

Bióloga, mestre em ecologia pela UFMG, Coordenadora de Informações Hidrológicas da ADASA.

Avançando na gestão das águas do DF

Confira o artigo sobre a gestão das águas do DF, a classificação dos rios e os próximos passos a serem tomados sobre a implementação do enquadramento.

Resumo do Balanço da ABES DF do período Julho/2013 a Julho/2015

Confira aqui o balanço detalhado das contas da ABES DF no exercício julho/2013 a julho/2015

Programação da oficina de trabalho - Manejo dos Resíduos da Construção Civil e Demolição no DF

Desafios presentes e futuros

Manual RCD Vol.1

Manejo e gestão de resíduos da construção civil - como implantar um sistema de manejo e gestão dos resíduos da construção civil nos municipios.

Manual RCD Vol.2

Manejo e gestão de resíduos da construção civil - procedimentos para a solicitação de financiamento.

Manual RCC CREA

Guia profissional para uma gestão correta dos resíduos da construção

RESOLUÇÃO CONAMA 307 - 2002

Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil.

Lei RCD DF 4.704 - 2011

Dispõe sobre a gestão integrada de resíduos da construção civil e de resíduos volumosos e dá outras providências.

Boletim ABES/DF Volume 03, Edição 01

Confira as notícias do mês de julho/2015, no boletim volume 03.

Boletim ABES/DF Volume 02, Edição 01

Confira as notícias do mês de maio/2015, no boletim volume 02.

Boletim ABES/DF Volume 01, Edição 01

Confira as notícias do mês de março/2015, no boletim volume 01.

15 de março o Dia Mundial do Consumidor

O mundo dá voltas e muitas vezes o que é apreciado e valorizado em uma determinada época, pode se tornar atrasado e obsoleto em outra. O uso de produtos descartáveis vistos como facilitadores da vida moderna pode ser considerado hoje um dos vilões da poluição ambiental.

FÓRUM LIXO&CIDADANIA: extemporâneo face a PNRS?

Eleger os catadores como parceiros prioritários na coleta seletiva, garantindo trabalho e renda para os mesmos.

EMPRESAS E MEIO AMBIENTE: CONTRIBUIÇÕES DA LEGISLAÇÃO AMBIENTAL

O direito ambiental surge como um forte aliado para o alcance de uma nova conduta ambiental empresarial.

Meio ambiente e interdisciplinaridade

Desafios ao mundo acadêmico

A FUNÇÃO DA ESCOLA NA DEFESA DO MEIO AMBIENTE

O presente artigo tem por fi nalidade auxiliar na formação e na qualifi cação dos alunos e professores, com base nos princípios e na metodologia que envolve a comunidade escolar na defesa do meio ambiente.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUA IMPORTÂNCIA PARA A CONSERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE

O objetivo da Educação Ambiental é a conservação da natureza por indivíduos conscientes do seu papel como agentes da historia do planeta.

POLITICA AMBIENTAL – UM ENFOQUE EM EMPRESAS DE PALMAS

O tema meio ambiente, utilizado como estratégia de competitividade nas empresas, tem sido recente. A cada dia fica mais óbvio que, para uma atividade empresarial ser mais eficiente, faz-se necessária a introdução de critérios ambientais no processo produtivo, e é por este motivo que a implantação correta de políticas ambientais, deve ser discutida e implantada com critérios pré-determinados. Assim, este trabalho objetiva averiguar as políticas ambientais das empresas de Palmas.